domingo, 30 de março de 2014

A MAGIA DA LIBERDADE


Como pássaro, quero ter a liberdade
Voar sem amarras no espaço sideral
Sentir os seus trinados com intensidade
Ouvir seus acordes de forma magistral.

Quero também ter a brisa como meu regaço
Ver as espumas brancas trazer meu sonhar
Receber do esplendor das manhãs o seu abraço
Num desejo impetuoso sem medo de amar

Emoções mesclam-se com o brilho do luar
Formando uma bela tela que povoa o céu
Alegro minha alma com meu doce cantar
Desnuda das ilusões, retiro meu véu.

Deixo-me esvaziar para reconstruir meu ninho
E receber alguém que veio me amar enfim
Envolver-lhe intensamente com carinho
Fez renascer belos sonhos dentro de mim.

Neneca Barbosa
João Pessoa, 30/03/2014

sexta-feira, 14 de março de 2014

DIA NACIONAL DA POESIA


A poesia nasce da imaginação do poeta
Que desfralda seus sonhos e suas fantasias
Realimentando as imagens da alma secreta
Que vive o passado e o presente em sintonia.

A poesia percorre as emoções escondidas
Que vagueiam dentro de um coração solitário
Ela faz companhia às lembranças vividas
Que caem como folhas do velho relicário.

A poesia serve para o poeta como alimento
É seiva emanada da própria natureza
São sonhos lépidos que naquele momento
Deixam-no repleto de um êxtase de beleza.

Neneca Barbosa
João Pessoa, 14/03/2014