sexta-feira, 24 de setembro de 2010

MÚSICA, LINGUAGEM UNIVERSAL


Ouço acordes suaves de uma canção
Executados na harpa suavemente
Transmitindo harmônica perfeição
De energias que vibram intensamente.

Música, linguagem universal
Que penetra na alma silenciosa
Inebriando meu espírito imortal
Ávido de melodia, poesia e prosa.

Na minha imaginação sonhadora
Vejo os cisnes na sua mágica dança
Cenário de uma mente inspiradora.

A música embala meus segredos
Dos tempos memoráveis de criança
Que feliz corria entre os arvoredos.

Neneca Barbosa
João Pessoa, 24/09/2010

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

ESTAÇÃO PRIMAVERIL


É chegada a estação da Primavera
Renovando assim toda a Natureza
Revigorando também a atmosfera
Mudando a paisagem pela beleza.

As flores encantam com alegria
A pureza da alma de uma criança
Transmitindo-nos pela sua magia
Belos sonhos em forma de esperança.

As flores são símbolos da harmonia
Equilibrando o nosso interior
Que vive numa constante alquimia.

Nossos sentimentos em floração
Acende neles a chama do amor
Deixando feliz cada coração.

Neneca Barbosa
João pessoa, 23/09/2010

terça-feira, 14 de setembro de 2010

BOM SENSO


A mente deve ser ventilada
Através de idéias salutares
Para que a alma seja libertada
Alçando vôos por sobre os mares

O bom senso deve ser usado
Em nossas ações a praticar
Se os vícios não forem cortados
Não cresce o espírito milenar.

Precisamos a terra cultivar
Preparando para a semeadura
Sementes de amor vamos plantar
E juntos colhermos com bravura.

Adubando nossa plantação
E regando com bons pensamentos
Vamos ter uma boa floração
Com os mais singelos sentimentos.

Os árduos caminhos da jornada
Por todos nós serão escolhidos
Façamos da nossa caminhada
Dias férteis a serem vividos.


Neneca Barbosa
João Pessoa, 13/09/2010

domingo, 5 de setembro de 2010

CHUVA NO SERTÃO (RONDEL)


Quando a chuva cai no sertão
A sua gente volta à alegria
De ver fértil o seu torrão
A esperança é sua companhia.

Prepara a terra com euforia
Com amor e dedicação
Quando a chuva cai no sertão
A sua gente volta à alegria.

A beleza na plantação
Deixa um sorriso de harmonia
Os pássaros fazem canção
Paira no ar uma sinfonia
Quando a chuva cai no sertão.

Neneca Barbosa
João Pessoa, 05/09/2010

PERFUME DE JASMIM


Senti o suave perfume de jasmim
Trazido pela leveza do vento
Enviado por algum querubim
Deixando-me atônita no momento.

Recordei com saudade do jardim
Onde vivi minha infância querida
As lembranças despertaram em mim
Sonhos que colherei ao longo da vida.

Lembrei-me das gotículas de orvalho
Que nas manhãs molhavam minha face
Da natureza singelo trabalho.

O jardim inteirinho florescia
Sentia do sol seu generoso enlace
Emoção que na poesia irradia.

Neneca Barbosa
João Pessoa, 06/09/2010

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

FRASES


ALVORECER

A cada alvorecer é o despertar
do sono profundo, onde as lições
apontam o farol, como porto seguro
para o nosso caminhar.

Neneca Barbosa

POETRIX