quinta-feira, 6 de março de 2008

MULHER


Mulher, sensibilidade
Que trás uma missão
Gerar um pequeno Ser
Com amor e emoção.

Enfrenta desafios
Na luta do dia-a-dia
Seguindo sempre adiante
Com muita maestria.

Caminhos tortuosos
Que levam ao coração
Consegue desbravá-los
Usando a intuição.

E nessa escalada
Ver brotar em seu jardim
Das sementes que plantou
Lindo e meigo querubim.

Através da sábia força
Consegue descobrir
O sol interior
Que começou a surgir.


João Pessoa, 06/03/08
Neneca Barbosa

Um comentário:

jane disse...

Lindos versos, nós mulheres conseguimos retirar o sol de dentro da alma para aquecer os corações que nos rodeiam.
Belo poema...lindos versos...métrica maravilhosa e rimas que fazem do poema uma linda canção.
Amei...parabéns!!!