sexta-feira, 26 de março de 2010

LUAR NO SERTÃO


Nas cálidas noites de verão
A beleza do luar no sertão
É encanto para os enamorados
Que juntinhos ficam abraçados.

Desnuda-se toda natureza
Para reverenciar com nobreza
A chegada de sua claridade
Que banha o solo com suavidade.

Pra os poetas serve de inspiração
De amor enche cada coração
Sentindo nos versos da poesia
O seu lirismo com harmonia.

O seresteiro pega o violão
Entoa com carinho sua canção
Para sua amada que sai à janela
Seus olhos vêem uma bela tela.

Ai que saudade! Quanta emoção!
Ao lembrar o luar do meu sertão
Reviver os sonhos de menina
Dançando como uma bailarina.


Neneca Barbosa
João Pessoa, 26/03/10

4 comentários:

Sara Ferreira ♥ disse...

Parebéns pelos seus poemas!

Rubens disse...

Bela poesia linda inspiração adorei
amiga um beijo

Geraldo Brito (Dado) disse...

Muito bonito!

Stella Vives disse...

Lindo, amiga poeta! Como é bom cantar as maravilhas de nossa terra, coisas que falam ao nosso coração! Beijos.