domingo, 8 de agosto de 2010

BELEZAS DO CRIADOR


Quando o sol se esconde no horizonte
A tarde se despede alegremente
Numa esperança de ser uma ponte
Entre os dois hemisférios existentes.

A noite chega escura com seu véu,
Mas pelas estrelas é iluminada
Enviando belas mensagens do céu
Que servem de guias para a caminhada.

A lua com sua audácia nasce radiante
Deixando deslumbrado o grande mar
Na areia, os amantes seguem adiante.

Como é belo o cenário da Criação!
Sendo pra o poeta no seu versejar
Fonte imorredoura da inspiração.

Neneca Barbosa
João Pessoa, 08/08/2010

7 comentários:

Carlos Rímolo disse...

Querida amiga e poetisa Neneca!!!

Belíssimo Soneto. Muito lindo mesmo. Adorei. Gosto muito mesmo dos seus textos poéticos! São sensíveis e românticos!
Beijos de luz!!!!!

POETA CIGANO - 10/08/2010

www.carlosrimolo.blogspot.com

"Cantinho Poético" disse...

"O importante não é o dia em que conhecemos novos amigos, e sim o dia em que eles começam a fazer parte de nossas vidas."

(Autor Desonhecido)

Feliz Sexta-Feira....Abraços!!M@ria

"Cantinho Poético" disse...

O amor eterno é o amor impossível.
Os amores possíveis começam a morrer
no dia em que se concretizam.

Eça de Queiroz

Saudações Poéticas!! M@ria!

Oswaldo Antônio Begiato disse...

Neneca,

Como é bom vir aqui e olhar, olhar, olhar sua poesia...
Admiro o jeito com que fazes soneto. Eu não consigo fazê-los assim tão bem.
Parabéns. Teu blog é encantador.
bjos.w

Rubens disse...

Oi...amiga mais uma vez parabens por mais ese belo soneto adorei
gosto muito de visitar seu blog
um beijo

Alex de Miranda disse...

Visualizei o pôr do sol como se fosse música boa em meus ouvidos.

"Cantinho Poético" disse...

Minha poesia
É a imagem lúcida
Captada
Do facho de luz
Dos teus olhos,
Que eu converto em palavras.

Oswaldo Antonio Begiato


Saudações Poéticas! Beijos!!