sábado, 1 de setembro de 2012

ESTAÇÃO DAS FLORES



Setembro, chegada da primavera
Perfume das flores, verde das heras
Sinto o desabrochar do colorido
Que pelas alamedas é acolhido.

De manhã vejo alegria no jardim
São borboletas fazendo festim
Reverencio a magia da Natureza
Que se doa para o mundo com pureza.

Primavera! Tens fragrância de amor!
Inebria com teu néctar os meus sonhos
Para que eu seja um feliz buscador.

Estação de encanto e belezas mil
Tuas rosas enfeitam meus dias risonhos
Que se iluminam de forma sutil.

Neneca Barbosa
João Pessoa, 01/09/2012


2 comentários:

Carlos Rímolo disse...

Querida amiga e poetisa Neneca !

Belíssimo soneto sobre a Primavera. Muito lindo e engalado pelos seus versos poéticos. Meus parabéns!
Beijos de luz !!!

Poeta Cigano -22/09/2012

http://carlosrimolo.blogspot.com

Carlos Rímolo disse...

Querida amiga e poetisa Neneca!!

Mais uma vez vim visitá-la e deleitar-me com seus textos poéticos. Estou aguardando novas postagens, viu? rsrsrsrs

Beijos de luz !!!

Poeta Cigano - 07/10/2012

http://carlosrimolo.blogspot.com