quarta-feira, 28 de maio de 2008

DESABAFO


Uma dor forte bateu no peito
Deixando-me grande tristeza
A maldade anula o respeito
Tirando da alma toda beleza.

O ser humano na trajetória
Vive buscando o conhecimento
Sem amor não alcança vitória
Ele é nosso maior acalento.

A dignidade é nosso tesouro
Sem ela ficaremos vazios
Tem o brilho que reluz o ouro
Como o metal encontra desafios.

Na caminhada a fraternidade
É sinal de verdadeira união
É o sol com sua claridade
Iluminando toda Criação.


João Pessoa, 28/05/08
Neneca Barbosa

Um comentário:

Georgea disse...

Com teu lindo versejar, tens o dom de emocionar... Tuas obras são majestosas. Parabéns pelo talento! Beijos em teu doce coração poeta!