quarta-feira, 23 de setembro de 2009

A GRANDEZA DO MAR


Observo no mar a sua grandeza
E também sua mística beleza
Dando-me a lição de humildade.
Recebendo os rios com dignidade.

As estrelas em suas águas brilham
No violão os mais belos sons vibram
Canções de amor dos enamorados
Sob a luz do luar abraçados.

No balanço das ondas do mar
Sinto-me como criança a brincar
Nas mãos um barquinho de papel
Desenho na areia belo painel.

Na imaginação crio meus castelos
Onde moram meus sonhos singelos
Beijados pelas brancas espumas
Envolvendo-me em suaves brumas.

Neneca Barbosa
João Pessoa, 23/09/09

Um comentário:

Rubens POETA disse...

Imaginar o mar é inspirar toda natureza a beleza da vida,gostei
um abraço