segunda-feira, 28 de junho de 2010

CASTELO DE SONHOS


Escrevendo versos, construo um castelo
Onde neles residem os meus sonhos
E na imaginação são todos belos
Pois não desejo que sejam tristonhos.

Eles voam para as colinas verdejantes
Aportam também numa ilha deserta
Brindam-me com estrelas cintilantes
Que pra meu corpo servem de coberta.

Chegam à beira de um lago sereno
Para a paixão um perfeito cenário
Sinto nos cabelos um vento ameno
Beleza de um autêntico santuário.

Neles tem uma singela casinha
Que habita um imensurável amor
Que me recebeu como uma rainha
Em seu castelo de luz e calor.

Ainda transformam a vida em poesia
Mantendo bem acesa a esperança
Rompendo fronteiras com alegria
Com o Criador selam uma aliança.


Neneca Barbosa
João Pessoa, 28/06/2010

3 comentários:

PSICOLOGIA E SAÚDE disse...

Encantada com Castelo de Sonhos! Uma poesia marcante, revelando bem uma característica da autora, a evolução espiritual, o amor, o sonhar esperançoso, o elo com com Deus. Numa perfeita sintonia, do início ao fim,Neneca, foi tecendo comparações do sonhar com a realidade. Quando diz: "Voam para colinas verdejantes... Aportam numa ilha deserta",Traduz bem o estar no mundo, viajando em sonhos, compondo a realidade positivamente, em lugares verdes esperançosos, ou na necessidade de estar só, meditar. Muito profundo, lindo, perfeito!

Rubens disse...

Como sempre amiga mais uma bela poesia muito bem construida parabéns adorei,espero a próxima
um beijo

"Cantinho Poético" disse...

Na sintonia da emoção um beijo de coração prá coração...M@ria