sexta-feira, 29 de abril de 2011

O PERFUME DO SEU AMOR


Dos versos deste poema fiz uma canção
Sonoras notas tocaram meu coração
Minh' alma foi tomada por fugaz torpor
Pressenti no ar, sutil perfume do seu amor.

Ele é como o florescer de uma bela flor
Que vem banhada pelo sol com seu vigor
É a luz das estrelas a guiar o meu caminho
É a cândida ternura que afaga meu ninho.

Seu perfume me embala com a voz do vento
Inebria meu corpo servindo de acalento
Ao fechar os olhos sinto-me acariciada
Tal qual a areia, que pelas ondas é beijada.

Seu frescor tem doce fragrância da magia
Culminando com a beleza da poesia
Do orvalho são gotículas a me envolver
Nas encantadas manhãs que vejo nascer.


Neneca Barbosa
João Pessoa, 29/04/2011

Um comentário:

Rubens disse...

ESSA SAIU MESMO DO FUNDO DA ALMA
BELA INSPIRAÇÃO PARABÉNS