domingo, 20 de novembro de 2016

CANTINHO DE PAZ





Fiz à margem do caminho
Uma singela casinha
Para cuidar com carinho
Daquele doce cantinho
Nele me sinto rainha.

Um ninho feito de amor
Que pulsa no coração
Encanto, paz e calor
Sinto o perfume da flor
Naquele belo rincão.

Aves cantam sinfonia
Com a chegada do sol
Eu fico a fazer poesia
Na rede sinto a alegria
De ver no céu o arrebol.

Borboletas no jardim
Sugam o néctar das flores
Elas beijam o jasmim
Alegres fazem festim
Mas, todas são seus amores.

A brisa chega com o vento
Trazendo você pra mim
É um especial momento
Feliz, tenho seu acalento
Posso abraçar-lhe enfim.

Neneca Barbosa
João Pessoa, 21/11/2016

Um comentário:

Maria Rodrigues disse...

Um poema maravilhoso!!!
Beijinhos
Maria