quinta-feira, 14 de maio de 2009

BAILADO DO VENTO



O vento sopra suavemente
Como mensageiro do amor
Trazendo um ardente fulgor
Num bailado de ar imponente.

Com ele voa meus pensamentos
Em nuvens, como velhas folhas
Tentando acertar as escolhas
Que irei usar naqueles momentos.

Qual pássaro vôo pra as colinas
Assistindo toda beleza
As emoções com sutileza
Do verdejante das campinas.

Busco descobrir a verdade
Escondida em minha consciência
Sendo parte da mesma essência
Da luz divina que me invade.

De repente bate a saudade
Trazida nas asas do vento
Aflorando meus sentimentos
De amor e de cumplicidade.

Neneca Barbosa
João Pessoa, 14/05/09

Um comentário:

Rubens POETA disse...

Amiga adorei a poesia parabéns por
esse momento de fértil inspiração
um abraço