domingo, 5 de abril de 2009

ARCO-ÍRIS



Os meus olhos ficam deslumbrados
Quando vejo um arco-íris no céu
Deixando belos rubis crivados
Pincelando suas cores num véu

Anunciando no ar a calmaria
Depois de cessada a tempestade
Os pássaros em sua romaria
Voam felizes com a liberdade

Faço meu vôo nas asas do vento
Com meus pensamentos coloridos
Entoando uma canção no momento
Vou em busca dos sonhos perdidos

E na beleza das emoções
Com minha aquarela vou pintando
Uma bela tela com lições
Que na trajetória vou celebrando


Neneca Barbosa
João Pessoa, 05/04/09

Um comentário:

Rubens POETA disse...

Parabens Neneca como sempre muito bem construida,letra de altissima qualidade adorei