segunda-feira, 20 de abril de 2009

LEMBRANÇAS



Acordei com o brilho do sol
No jardim um lindo girassol
A saudade chegou me afagando
Nas lembranças eu fui mergulhando.

Minha juventude recordei
Paixões, sentimentos aflorei
Belos tempos que não voltam mais
Que não poderei esquecer jamais

Muitos sonhos já foram vividos
Outros tantos, porém esquecidos
Tudo gravado no coração
As recordações do meu rincão

As noites pareciam mais bonitas
Estrelas fazendo suas visitas
A lua brilhando me enamorava
A música pelo ar se espalhava

O recordar não me traz tristeza
Porque o passado com sua beleza
Lembra o que fez feliz meu caminho
Enchendo de alegria meu cantinho


Neneca Barbosa
João Pessoa, 20/04/09

2 comentários:

Rubens POETA disse...

Que legal NENECA recordar é viver
duas vezes adorei o poema um beijo

Airuska disse...

Adorei este poema Neneca. Faz a gente pensar no passado e sentir uma saudade boa e não "aquela" saudade triste. Gostei muito.
xero